Ter medo de ser julgado nas redes sociais pelos colegas e por isso deixar de fazer publicações é muito mais comum do que você pode imaginar. Quero te dizer que você não está sozinho nessa e que há ainda muitos profissionais que tem essa mesma sensação, mas não admitem fazendo, inclusive uma espécie de auto censura.

Eu não vou tentar te convencer que você não precisa ter medo, pois não conheço quais as razões que te trouxeram até esse ponto. Minha função é te ajudar a sentir mais segurança para fazer as suas publicações, tornando-as uma ação natural no seu seu cotidiano.

Tenho medo de ser julgado nas redes sociais por outros Personal Trainers

Por que sentimos medo de ser julgado e nos expor

Você deve estar arrumando mil respostas para justificar o medo de ser julgado, mas o fato é que temos medo da exposição, pois acreditamos que seremos julgados. E é isso que acontece, de verdade, o tempo todo, a começar por nós mesmos. E é esse nó que nos impede de seguir que vou te ajudar a desatar.

O primeiro ponto que você precisa entender é que estudou muito para chegar até aqui. Antes de se tornar um Personal Trainer, você precisou passar por no mínimo uma graduação. E isso já te dá uma bagagem suficiente para começar. Esse é o primeiro pilar de sustentação para levar a sua carreira para um outro nível.

O aperfeiçoamento técnico contínuo vai te dar mais recursos e te ajudar a sentir mais seguro, mas não faz o menor sentido passar uma vida estudando, adquirindo conhecimento, sem passar esse conhecimento para frente.

É nesse momento que você pode estar pensando que passa esse conhecimento para frente por meio das suas aulas, e isso é verdade. Ocorre que existe um passo anterior às aulas que precisa acontecer: você precisa conquistar alunos. Apesar de existirem muitas formas de conseguir alunos, um delas e talvez a mais efetiva é por meio das ferramentas digitais, principalmente as redes sociais. Chegamos então em outro pilar de sustentação de uma carreira de sucesso que é o conhecimento sobre marketing e vendas.

Entendido esses pontos, voltemos ao medo de se expor. Ele tem mais relação com o fato de você julgar o que os outros estão fazendo nas redes sociais, do que com o que o outros pensarão de você. E deixa eu esclarecer uma coisa, você não precisa fazer o mesmo que os outros estão fazendo. Para funcionar para você, precisa se sentir confortável.

Não quer fazer dancinha? Não faça. Não quer fazer Live, não faça. Não quer aparecer nos vídeos, não apareça. Nada disso é necessário para ser ativo nas redes sociais.

Comece nas redes sociais pelo que te dá segurança

Há um fato do qual não podemos fugir: não vamos conseguir agradar à todos. As pessoas tem pontos de vista diferentes, pensam diferente e até seguem uma linha técnica que pode ser diferente da sua.

Tendo isso entendido você pode começar por aquilo que te dá mais segurança. Pode ser que você se sinta mais a vontade para publicar fotos da academia, de partes do corpo, como os pés, por exemplo, e usar uma legenda para explicar o seu ponto.

Durante algum tempo eu fiz exatamente isso. Publicava uma foto do meus pés, de tênis, no asfalto, para falar sobre caminhada, por exemplo. Foi um longo caminho até aqui.

Se você quer mudar essa condição, quer perder o medo de se expor nas redes sociais, precisa começar. Nenhuma mudança pode ocorrer se continuamos fazendo o mesmo.

6 ações nas redes sociais para perder o medo de postar

1- Faça uma lista com as dores dos seus alunos. Nada melhor do que as suas aulas para te ajudar a pensar em conteúdos para suas redes sociais. Por exemplo, seu aluno quer emagrecer e não consegue. Existe uma centena de formas de abordar essa dor a partir do exercício. E tenho certeza que você conhece muitas delas profundamente. Eleja uma dor e fale sobre ela.

2- Planeje as suas publicações. Planejamento faz parte de um dos pilares de sustentação para o sucesso da sua carreira. Ele está presente tanto no marketing quanto na gestão, portanto faz parte do seu trabalho. Reserve um horário para planejar e um dos itens que devem ser planejados são as suas publicações. Você se sentirá muito mais seguro sabendo o que irá publicar do que deixando a coisa rolar solta. Isso não significa que se acontecer algo muito legal, você não possa publicar também.

3- Use uma linguagem acessível. O foco do seu conteúdo não são seus colegas de profissão, são seus alunos. Deixe os termos técnicos de lado e use uma linguagem acessível. Está com medo do que seus colegas poderão achar? Escreva o termo técnico entre parênteses, até se sentir seguro o suficiente para não usar. Quem precisa entender seus posts é o público leigo.

4- Revise o texto antes de publicar. Leia mais de uma vez o que você escreveu, de preferência em voz alta e veja se faz sentido e se não tem nenhum erro (sempre tem! rs). Se você tem dificuldade com regras ortográficas, vale a pena escrever em um local que tenha corretor (google drive, por exemplo) e depois copiar e colar na legenda. Evite editar seu post logo após a publicação, se subir com um erro e não for nenhuma aberração, deixe passar pelo menos duas horas para editar. Posts editados podem ter o alcance prejudicado.

5- Invista em ferramentas que facilitem o seu dia. O tempo é seu maior tesouro e todas as ferramentas que podem te ajudar a otimizar o seu tempo são bem vindos. Considere buscar por editores de vídeo e imagem que poupe seu tempo. Use ferramentas de agendamento para seus posts. O Facebook e Instagram tem uma área que permite fazer esses agendamentos, chama-se Facebook Estúdio.

6- Grave vídeos e não publique. A gente sabe que os vídeos tem um alcance melhor do que outros tipos de publicação, mas se você não se sente a vontade e tem medo de publicar vídeos, tudo bem não publique, mas você pode gravar para treinar!

7- Use o que te deixa mais a vontade. Quando for fazer vídeos e fotos use roupas que te deixem a vontade. Se o problema for a maquiagem, use filtros pra gravar. Opte por locais que estejam bem iluminados. Se for mais confortável fique sentado. Se sentir mais a vontade, ajudar a perder o medo de publicar.